19 abril 2007

Gmail como disco virtual no GNU/Linux

Com o sucesso na proliferação de contas de Gmail pelos utilizadores de net por esse mundo fora, torna-se natural aparecerem ideias para melhor se aproveitar o que se tem. É sabido que o Firefox tem um addon de nome Gmail space que torna este browser num FTP para fazer uploads/downloads para o Gmail, tornando-se o Gmail numa drive virtual, deixando este de se limitar a um programa de mail online. No caso do GNU/Linux, para tornar o Gmail num disco virtual capaz de ser montado/desmontado neste SO como se fosse um disco rígido, basta instalar um pequeno programa e fazer algumas alterações simples no terminal.

-Adquire os previlégios do root e instala o programa:
$su
password
#apt-get install gmailfs

-Verifica se tens o fuse instalado:
$lsmod | grep fuse

-Se não o tens:
#modprobe fuse

-Cria um ponto de montagem:
#mkdir -p /mount/Gmail

-Agora se quiseres montar o Gmail no teu PC:
#sudo mount -t gmailfs none /mount/gmail -o username=NOMEDATUACONTA@gmail.com,password=TUAPASSWORD,fsname=ALGOORIGINAL
Ignored option :rw

E o teu Gmail está agora montado na pasta /mount/Gmail.

-Se quiseres que sempre que ligues o teu Linux, a conta de Gmail seja sempre montada, adiciona esta linha
/usr/share/pycentral/gmailfs/site-packages/gmailfs.py /mount/gmail gmailfs username= NOMEDATUACONTA@gmail.com,password= TUAPASSWORD,fsname= ALGOORIGINAL

no teu /etc/fstab:
#vi /etc/fstab

E tá feito.

Fonte: Syberian.ws

2 comentários:

Luis Alves disse...
19 abril, 2007 18:07
 

numa só palavra, excelente!

Sua dica é fenomenal, veja se não dá pra usar dentro do fstab credentials=/etc/senhagmfs neste link há exemplo.