08 maio 2007

Será que ainda esperança para eles?

Andava na minha ronda pelos meus blogues favoritos quando me deparo com o desabafo do Paulo Vilela sobre os americanos, pela sua sociedade capitalista. É a maximização dos lucros, é a completa falta de respeito pelos consumidores menos afortunados:
Desculpem,mas estou zangado com os americanos. Nunca vi aeroporto tão lento com JFK em Nova Iorque. Esperar 40 minutos que o balcão de check-in abra. Fila demorada para o checkin das malas. Fila demorada para o raio X (obrigatorio descalçar). Fila demorada para o café. Este aeroporto é um atraso de vida. Understaffing, lucros maiores , péssimo atendimento

Uma viagem para dormir desconfortavelmente. Muito mais desconfortável que a travessia atlântica com a TAP - menos espaço, comida paga, menos filmes. Ah, mas 1 grande espaçosa secção de Business e First Class, ocupando metade do avião. Aí cabem 12 pessoas no mesmo espaço que em turística cabem 30. Tem-se o que se paga.
.........
Na net demora um segundo, Físicamente demorou-me 30 horas para chegar a São Francisco. Pelo meio cancelaram-me o voo da na United Airlines de Newark para São Francisco, e tive de dormir no (verdadeiramente) hotel para refugiados das companhia aéreas que resolveram cancelar voos porque lhes saía mais barato.... Ainda vou ver se consigo uma indemnização..

Porque é que ainda continuam a fazer perguntas ridículas quando se entra nos Estados Unidos:
Are you seeking entry to engage in criminator immoral activities ? (yes or no)
Have you ever been or are you now involved in espionage or sabotage; or in terrorist activities; (yes or no)
Have you ever detained, retained or withheld custody of a child from a US citizen granted custody of the child (yes or no)



Como se não chegasse, eis mais uma pérola inventada e aplicada nos Estados Unidos, que depois será tentada a ser exportada para o resto do mundo. Uma lei que os restringi de vender os CDs usados!

A new law in Florida requires stores to hold used CDs for 30 days before reselling them, and other states are considering similar laws:

"No, you won't spend any time in jail, but you'll certainly feel like a criminal once the local record shop makes copies of all of your identifying information and even collects your fingerprints. Such is the state of affairs in Florida, which now has the dubious distinction of being so anal about the sale of used music CDs that record shops there are starting to get out of the business of dealing with used content because they don't want to pay a $10,000 bond for the 'right' to treat their customers like criminals."
As editoras, as multinacionais, as grandes empresas usam e abusam do consumidor, com beneplácito do governo americano. Depois é no que dá....

Fonte: Arstechnica e Abre-te Software

3 comentários:

espero que na vinda venhas no directo por sanfrancisco-londres o aeroporto the eatrhow ainda é muito pior que o de newark e a deslocação do terminal internacional para europeu é cómica mas a viagem é muito muito melhor. e até podes ter sorte e apanhar um ligação logo o que te encurta a viajem muito.

Márcio Inácio Silva disse...
09 maio, 2007 13:33
 

Eles não são Americanos! Muito-Menos Norte-Americanos.

Eu sou brasileiro e moro na America.
Detesto que os outros chamem os Estadunidenses de Americanos como se os mesmos fossem os únicos morados de um continente tão grande que tem que ser sub-dividido em três:
- América do Norte
- América Central
- América do Sul.
Chama-los de Americanos é um desrespeito e também chama-los de Norte-Americanos (Afinal os Canadenses e os Mexicanos não são Estadunidenses) E quando digo que é um desrespeito, não é em relação a eles, mas, sim em relação a todos os Americanos que não São e nem querem ser Estadunidenses.

[],s

Já noutro artigo expliquei essa situação. Aqui na Europa e em especial, em Portugal, os habitantes dos EUA são os "americanos" ou os "norte-americanos". Não é o correto mas é o que se usa. Um Brasileiro, apesar de americano é Brasileiro e prontos! O canadiano tambem é americano, mas nós nunca dizemos que os tipos são americanos! São canadianos e prontos!! Aliás, hoje em dia ser conotado ou confundido com "os habitantes do EUA" é algo de horrível...
Por outras palavras, concordo que é errado chamar de "americano" à aqueles tipos, mas é o que se usa..

Ps.: Já agora, Estadunidenses é coisa que em Portugal ninguém sabe o que é! Tal como Polónio ou Israelense...
Esta língua Portuguesa evolui de tantas maneiras....

Já basta olharem para este cantinho de nome Portugal e confundirem isto com uma província espanhola!

Cumprimentos...

RedTuxer