09 março 2008

Ferramentas de produção musical em Linux

Cada vez há menos áreas onde o Linux não está à vontade com a variedade de programas necessários para os diversos fins exigidos. No caso da área do áudio estão já disponíveis vários programas para os mais diversos fins, alguns deles bastante complexos e elaborados.
Para quem esteja interessado, estão disponíveis online vários cursos em castelhano (espanhol) para várias necessidades em trabalhos com o som.

O primeiro capítulo fala sobre editores de ondas, trabalhar com o Audacity, capturar som dum microfone, trabalhar com "loops", toques finais com o "fade" e os volumes, compressão de sons, entre outras coisas.


Quanto ao segundo capítulo é focado o programa Hydrogen e é dedicado à criação de padrões rítmicos, bancos de som (drumkits), criação de canções compondo padrões, utilizar uma misturadora, exportação de áudio e "loops", criação de drumkits.



No terceiro capítulo é dado ênfase ao programa Ardour. Importação de "loops" de áudio, usando o "snapping", sincronização do tempo no Ardour com os "loops", compressão dos "loops" com os tempos desejados, entre mais coisas.



No quarto capítulo é explicado como tocar instrumentos com teclados virtuais e em teclados midi, conhecer o sequenciador Rosegarden, gravar e editar midi, seleccionar instrumentos virtuais, visualizar e imprimir as tuas partituras e exportar tudo para uma pista no Ardour.



No quinto e último capítulo é abordado a captura de áudio pela placa de som e outras aplicações via Jack. Efeitos de inserção e envio, truques e automatizações de ajustes, trabalhando com o JAMin e gravação das tuas composições num CD de áudio, entre outras coisas.


Fonte: Parumi

3 comentários:

Boas.

Haverá algum "primo" do software Guitar Pro para Linux? Eu já andei à procura na net, encontrei o KGuitar, mas este não é grande espingarda... Como vi este post era sobre música em Linux, tomei a liberdade de perguntar se haveria algum primo deste software que pretendo.


Aguardo uma resposta.


Cump.
M.offspring.R

Pedro Abranches disse...
10 março, 2008 17:35
 

Existe o TuxGuitar que apesar de não ter o mesmo nível do Guitar Pro, é bastante aceitável.
Também existe o DGuitar, mas esse é muito mais limitado.

Cump,
Abranches

Thanks.

O TuxGuitar faz aquilo que pretendo, so falta e vasculhar bem o programa...



Cump.
M.offspring.R