20 maio 2006

Vírus e sistemas...

Não é a primeira vez que falando da grande segurança que o linux nos proporciona, vem à baila a notícia do vírus multiplataforma que tanto faz estragos no windows como tambem ataca sistemas operativos linux. E quem não percebe do assunto, portanto o utilizador windows, começa logo por sorrir e dizer: "Como vês o Linux tambem tem vírus, não é assim tão seguro! Eh eh eh. Basta que haja mais utilizadores de linux e ele sofrerá tanto dessa bicharada como o windows!" Além disso, um tal de Paulo Silva da Panda software veio lançar o medo que o Linux tambem pode sofrer do mesmo mal que o windows, bastando para isso que o linux seja mais usado por este mundo fora.

Vou tentar explicar o processo de infeção nos dois sistemas de um modo simples, embora possa não ser exactamente como o vou descrever, mas a ideia espero que fique clara.

No windows, um utilizador navega (vai nadando) com o seu ultimo modelo do Internet Explorer, entra num site não aconselhado e sem que ele se aperceba, um ficheiro executável é descarregado para o disco rígido, é executado, é instalado e contamina todo o pc sem que o utilizador alguma vez se aperceba sequer do que está acontecer!
Para resolver a contaminação, muitas vezes é necessário reinstalar todo o sistema operativo.

No Linux, o mesmo utilizador navega (vai surfando) até ao mesmo site no seu Firefox, e o navegador abre uma janelinha a perguntar se pode descarregar o executável. Como não é um expert, o utilizador autoriza. Depois o tal utilizador terá que ir à pasta onde foi descarregado e dar permissões de executável ao ficheiro para que ele possa fazer alguma coisa. De seguida, pode então executar o binário e contaminar a sua "home".
Neste caso, apenas bastará a "home" do utilizador ser eliminada para resolver o problema.

De um modo geral, tanto a contaminação é muito diferente como até o modo de a tratar entre os dois sistemas, sendo o windows o mais prejudicado. Não porque o windows seja o sistema mais utilizado, mas porque ele nunca foi pensado para ser um sistema seguro, mas sim para ser fácil, simples e práctico

Em resumo, o windows foi e continua a ser, construido descurando completamente a segurança do seu funcionamento. Como se ainda não chegasse, a microsoft vende caríssimo um produto sem segurança e irá começar a vender outro produto para proteger o primeiro! E há otários que vão na conversa...

Quanto ao Sr Paulo Silva da Panda Software, a técnica é bem conhecida nas feiras e nos meios publicitários, lança-se um problema ou medo para o ar e de seguida mostra-se um produto para o resolver. Dias depois de ele lançar estes receios para o público, apareceu um anti-vírus para linux da Panda software...

Categorias:

comentários:

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»