26 março 2007

Ferramentas indespensáveis a um informático.


Deixo aqui uma colecção de boot CDs/DVDs e disquetes de arranque que são indispensáveis para trabalhinhos mais complexos em computadores:



  • Darik’s Boot and Nuke - Uma disquete que garantidamente destrói tudo num disco rígido, assim não vão aquelas fotos da namorada parar em muitos mails por aí...
  • Ophcrack - Um LiveCD de Linux que irá crackar a password do administrador do Windows, just in case de esquecimento ou falta de lembrança....
  • Ultimate Boot CD - Mais de 100 ferramentas de diagnóstico num CD bootable para analisar e reparar discos rígidos e problemas de arranque. Sem dúvida, muito útil!!
  • Offline NT Password & Registry Editor - Um utilitário cuja função é fazer um reset às passwords de utilizadores do sistema NT. No caso de não se conseguir ou não se ter tempo com o Ophcrack, é fazer um reset com esta ferramenta.
  • Knoppix - O também conhecido canivete suiço do Linux, o espectacular LiveCD ou LiveDVD do Knopper, carregado de software, com detecção de hardware automático, suporte a imensas placas gráficas, placas de som, etc, etc, etc. Pode ser usado como um sistema operativo para trabalho, para educação/ formação, como sistema de resgate ou ser adaptado e usado como plataforma para demonstração de produtos comerciais de software. É preciso fazer um desenho?
  • gparted - O Gparted é uma aplicação da Gnome para edição de partições, e com ela podes alterar, apagar, criar ou modificar as tuas partições do disco rígido. Substitui totalmente o Partition Magic.
  • Hiren’s Boot CD - Este CD bootable está cheio de ferramentas úteis, caso não encontres o que precisas nos outros acima mencionados, és bem capaz de encontrar aqui....

31 comentários:

Ótima lista ! Muito bom, muito bom mesmo.

Espetacular, sem palavras, irei colocar estas informações agora no blog, será utíl a todos.

Com os devidos creditos a vc e claro. :lol:

Abraços

Belfiglio.NET

Para quem não testou ainda vale a pena dar uma olhada também no goblinx-mini: http://www.goblinx.com.br/mini.htm uma minidistro muito boa para manutenção de sistemas!

Uma pequena contribuição

http://forjamari.linex.org/frs/?group_id=61
Super Grub Disk - É em CD ou disquete ou ainda um pendrive, que ajuda a manipular problemas com o boot tanto em Linux quanto em Windows. No Linux é possivel restaurar automaticamente o GRUB na MBR.
O pacote a ser baixado :
super_grub_disk_english_0.9550.iso

Com mais algumas contribuições, faço um segundo artigo com as novas ferramentas!

João Ramos disse...
27 março, 2007 12:34
 

Gosto da lista, mas devia de haver uma referência ao site original de onde este post foi traduzido:

http://www.suseblog.com/?p=191

Por isso, Ricardo Belfiglio, faz também referência ao original.

Em todo o caso, a divulgação é sempre bom.

Tens toda a razão, João Ramos, faltou a referencia ao site original e fizeste bem em lembrar!

http://www.suseblog.com/?p=191

Que distro(s) de Linux recomendam para alguém que usa Linux apenas à um mês?
Eu estou a usar o Ubuntu Edgy, mas não sei se irei instalar a nova versão ou mude para outra distro... Se mudar para outra distro, que distro devo escolher?

Conde-Lírios disse...
27 março, 2007 18:45
 

bruno,

sem hesitações, Caixa Mágica 11.

João Ramos disse...
27 março, 2007 19:34
 

Bruno,

Responder a isso é quase como responder a "Qual é melhor sobremesa?" (mouse de chocolate... ;) ). O Ubuntu e seus derivados é amplamente conhecido e supostamente fácil de usar. Digo supostamente porque não tenho experiência com ele. O CM por ser português merece todo o nosso reconhecimento e apoio. Ele é baseado (se não estou em erro) no SuSE e é este a distro que eu recomendo e uso. Fácil de instalar e de utilizar. Está em 2º lugar no distrowatch como o sistema com mais Hints.
Se te queres iniciar, é melhor um sistema com boa documentação e com um bom apoio em fóruns/sites. O openSuSE, Fedora, Ubuntu serão os mais indicados em especial se o inglês não for um problema. O CM não sei, mas pelo que tenho visto (em especial formações anteriores a preços muito acessíveis) também é uma boa escolha.

O meu conselho: Pega numa VM (para não estares sempre a formatar a máquina/disco), faz download de alguns ISO (Linux e BSD) e instala alguns sistemas. Aquele que mais gostares, fica...


RedTuxer, o meu post anterior não era a criticar (embora agora lido por mim até parece..), era só um reparo. ;)

Na altura em que estava a usar Windows e me apeteceu mudar para Linux, eu instalei o Virtual Box e experimentei o Ubuntu Edgy, o Gnewsense e o Freesbie. Destes 3, ficou o Ubuntu.

Estou a sacar o OpenSuse porque foi referido no post sobre um relatório da Symantec, como tendo 0 bugs conhecidos em 2006. Isso dá-me muita segurança.

Eu até testava o Caixa Mágica, mas, pelo que vi no site, não tem muitos pacotes de software.

Talvez continue com o Ubuntu, apesar de eu ter lixado as permissões da minha home. O firefox não consegue gravar cookies nem nada... :( E, depois de ter instalado o gtkorphan, comecei a ter stresses porque corri o programa e ele removeu supostos pacotes órfãos.

Uma distro que me tem vindo a chamar a atenção é o Sabayon. Parece ser porreira, mas estou com medo de sacar e depois não me conseguir orientar com ela. Algum de vocês já experimentou o sabayon?

@Bruno

Nada como experimentar vários LiveCDs durante algum tempo, sem instalar. Seja a CM, Alinex, OpenSuse, Mandriva, (*)buntu, Fedora, Debian, etc e ver qual se adapta melhor ao teu hardware, qual a que mais gostas, qual a que melhor te adaptas. Assim já fazes uma escolha entre elas, e instala uma ou usa o VM e usa e abusa, sem medos de estragar. É a fazer merda que se aprende! Nessa altura já sabes qual a que te satisfaz.

@João Ramos
Entendi como uma crítica e havia justificação para ela. Eu é que fiz merda e esqueci de meter a fonte. Tambem não gosto que me façam isso e já mo fizeram! Mas quem lê o Tux Vermelho sabe que nós não fazemos essas coisas por mal. Somos uns amadores, não andamos aqui a ganhar dinheiro, isto é pelo gozo e pela partilha de conhecimentos!

Um abraço a todos e continuem a vir cá...

@Bruno
Eu seguiria o conselho de Tux Vermelho. Vários LiveCD's e é só experimentar.
O meu filho andava sempre à nora com o Linux, queria seguir as pisadas do pai ;-), e depois de várias experiências com LiveCD's, entre elas o agradável Kurumin, optou pelo openSUSE e não quer mais nada.

A minha 1ª experiência com o Sabayon correu mal mas este fim de semana vou testar a última versão (já descarregada), caso disponha de algum tempinho.

E atenção que menos bugs "CONHECIDOS" não quer dizer "mais seguro. Prefiro uma distribuição com dezenas de bugs corrigidos do que uma com apenas um e não corrigido há meses sem fim. Também depende da natureza dos bugs.

@braço para todos.

@Jocaferro
Eu segui o conselho do redtuxer. Comecei ontem à noite a sacar o Sabayon. Se não curtir, saco outra e experimento-a.
Sacaste o Sabayon em quanto tempo? Eu já estou à quase 24h para o sacar por torrent, e não vejo maneira de isto acabar. Raramente tenho uma velocidade superior a 20KB.

ArameFarpado disse...
28 março, 2007 19:50
 

Sabayon... eu tenho esse live-dvd (versão 3.25c)e já o corri algumas vezes:
não há dificuldades nenhumas, é uma distro com imensos programas e trás o beryl. o beryl precisa duma boa placa gráfica para correr e o dvd trás várias versões da driver proprietária nvidia prontas a usar (nunca o usei numa ATI).
o beryl não é dificil de usar, basta praticar um pouco com ele, e o uso dele é opcional no arranque.
No entanto, deparei com uma situação no sabayon logo na 1º vez que o usei:
alguns minutos após ter arrancado (ele configurou a ligação netcabo sozinho) apareceu um aviso que um utilizador de um IP externo estava a pedir entrada para controlar o meu pc via rfb (um protocolo usado em linux e compativel com vnc para assistência remota entre outras coisas)... estranhei e fui a centro de controle do kde investigar como estava aquilo configurado... as opções de assistência remota estão em '-permitir ligações sem convite-"e -anunciar o serviço na rede-, e claro, um caramelo com um sniffer topou logo o meu pc a chamar intrusos.
aconselho a quando arrancarem o sabayon, vão logo às defenições de rede no centro de controlo do kde mudar essas defenições, se o instalarem para o disco, basta mudar isso 1 vez.
Cumprimentos

Sempre que posso não saco por torrents. A preferência vai para ftp. Existem alguns mirror's mais "descansados" que outros, e opto por estes que sei não terem muitos problemas de "congestão", que eu também não gosto de gastar recursos do pessoal.
O meu preferido é o:
http://darkstar.ist.utl.pt/, mas atenção que tem poucos LiveCD's e o Sabayon não está lá.
Quanto ao Sabayon apenas saquei o CD, ou seja neste caso a mini-edition. Se gostar saco o DVD, e/ou a versão 64 bit. Se não gostar escuso de perder mais tempo.

PS: Geralmente a máquina de teste é a mais manhosa lá de cada. Gráfica ATI X700 pro pci-e, chipset 405 da nvidia, com o resto integrado na MB. É difícil uma distro acertar à primeira, em "default".

Eu raramente tenho problemas com torrents, por isso é que os prefiro. Mas este tracker está-me a dar cabo da paciência. Já criei um post no fórum oficial do Sabayon sobre isso e ninguém me respondeu. No tracker criei um post e enviei uma pm a um dos admins; o resultado foi o mesmo, ninguém disse nada...
Esta porcaria já me começa a irritar muito. Quero sacar a merda da distro, estou a ter dificuldades e ninguém ajuda.

Ainda por cima não consigo sacar o DVD por ftp...

ArameFarpado disse...
28 março, 2007 20:41
 

o red tuxer já tinha antes dado um link para irem buscar o sabayon:
http://www.sabayonlinux.org/index.php?option=com_content&task=view&id=16&Itemid=27

foi daqui que o tirei em ftp.

O meu stress é que o download do torrent já vai nos 89.9%. Não me apetece nada queimar quase 3G...

lol

estasse tudo a virar po gentoo!!!
Como é que é possivel? O sabayon é um gentoo, quando tiverem que alterar alguma coisa no sistem ainda vai ser pior que no ??buntu

Para os que estão a pensar... nup! I'm a gentoo lover!

"bruno" o caixa mágica é baseado no suse (ou era) esta nova versão deve ser compativel com um deles, logo podes instalar os pacotes do suse no caixa mágica sem grandes problemas

A velha história: como é que sabes se gostas? depois de experimentar! Portanto, comam, comam e comam até escolherem a que mais gostam.

opinião pessoal: no fundo no fundo são todas iguais! xD

Instalei o Sabayon, depois de várias tentativas falhadas (porque tinha um stress com as partições), e até esto ua curtir.

Ainda não entendi como é que funciona o sistema de portages, mas parece-me ser uma distro interessante.

@joão matos
O meu nome é mesmo bruno :D

Porra. O Sabayon é uma tripalhice de todo o tamanho... Não consigo sequer partilhar o raio da impressora numa rede samba.. :(
E os emerge demoram uma eternidade... Já estou à mais de 3 horas para actualizar o sabayon... Acho que vou voltar ao Ubuntu e talvez dê uma oportunidade ao OpenSuse

;-))))))

@jocaferro
Exactamente, ainda tenho muito que aprender até começar a trabalhar com uma distro mais "hardcore". Pelo menos é o que penso que esse smilie quer dizer.

Ainda vou experimentar o OpenSuse, mas numa máquina virtual. Desta vez não vou andar a formatar as drives vezes sem conta...

Mas curti uma cena no Sabayon, os portage. É muito fixe compilar as cenas sem os stresses das dependências. Eles podiam era por aquilo mais rápido e mais simples de utilizar.

E aquela escolha do KDE para desktop manager padrão... yuk... Prefiro mil vezes o gnome.

Não caro bruno, não é isso que o smile quer dizer. O smile foi devido ao openSUSE.
Não consigo esconder a minha predilecção pelo openSUSE e pelo FEDORA.

@braço.

Jocaferro, como gosta tanto do OpenSuse, deve ser a pessoa mais indicada para me tirar uma pequena dúvida: O OpenSuse é como o Sabayon, que mistura aplicativos do Gnome e do KDE, independentemente do desktop manager em que se inicia a sessão? Isso a mim fez-me uma confusão do caneco. Eu não gosto do KDE, mas não tenho problemas em usar um ou outro programas para ele; mas atrofia-me o cérebro que metade das ferramentas administrativas sejam do KDE, estando em sessão com o Gnome...

Excelentes ferramentas! Óptimo!

João Ramos disse...
02 abril, 2007 12:29
 

Bruno,

Se escolhes o KDE, o openSuSE só instala por defeito as aplicações correspondentes a esse desktop manager. Se depois precisares de instalar coisas gnome, podes instalar usando o YAST sem grandes problemas.

Jocaferro => Same opinion ;) Same Smiles

Adorei a lista embora esteja a ter MUITAS dificuldades em sacar o Ophcrack. Estive a ler os comentários e também me comecei à pouco a aventurar no linux. Instalei o ubuntu, mas como não conseguia instalar facilmente a placa da TMN instalei o caixa mágica que me reconheceu praticamente todo o hardware automaticamente. Falta-me só conseguir meter as drives da placa gráfica (x700). Como não percebo nada da linguagem da consola se calhar vou ter algumas dificuldades...

Cumprimentos

Não te esqueças que as dificuldades que estás a ter, já muitos as tiveram! E essas difuculdades foram colocadas em fóruns e muitas vezes respondidas, e como tal basta procurar um pouco com o google ou olhar nos fóruns do Ubuntu por exemplo. E por cada dificuldade ultrapassada, é sempre mais um pouco que aprendeste.. Já agora dá uma volta pelo fórum da caixa mágica que tem sempre alguem para te ajudar numa dificuldade tua.

Cumprimentos