01 maio 2007

A Mandriva está toda prá frentex :)

Pois é, a distro Mandriva agora tem o equivalente a Debian Sid.
Quem for louco o suficiente pode evoluir a sua instalação de Mandriva 2007 para Mandriva 2007.1 Spring e ficar com as mesmas versões de programas que estão actualmente em Debian Sid, só precisa remover os repositórios que usa actualmente, ir ao Easy Urpmi , escolher Mandriva 2007 Spring e adicionar os novos repositórios. Adicionar todos os repositórios inclusive os Backports que têm novidades interessantes como o Metisse e o Beryl. São 12 repositórios ao todo, o que dá muita pacotada para escolher.


A seguir é agarrar ao gestor de pacotes e instalar, instalar, instalar... alguns pacotes é preciso contornar conflitos para os instalar, removendo um para instalar outro.

Eu estou a fazê-lo no meu portátil neste momento, e ansioso por ver o resultado ;)
KDE 3.5.6 instalando.

3 comentários:

Yaiks... não se metam nisto, é preferível irem buscar o dvd mandriva 2007.1 spring.
Esta actualização de 2007 para 2007.1 não tem nada a ver com o evoluir de debian stable para debian unstable como eu pensei, e as coisas não estão lá muito fáceis: tinha mais de 700 pacotes para actualizar e o sistema já foi abaixo várias vezes, já fiquei sem X, sem kde, e não sei o que virá a seguir.

Sim é verdade esta sempre foi a grande pecha do mandriva é sempre preferivel reinstalar que fazer um upgrade.
Os upgrades raramente funcionam.
Com o passar do tempo fui ficando pro neste processo e já sei de cor como por o sistema a funcionar exactamente come estava antes da reinstalação, não demoro mais de 1 hora a instalar todos os programas e todas as features como quero (muito menos que o tempo de upgrade).

Mas depois de ter falado com um core developer ubunto fiquei mais contente pois ele disse-me baixinho que era o que ele fazia tb ;)
Ao lado tinha um oldtimer empregado suse que me disse exactamente mesmo, mas isso eu já sabia :)
bem este mandriva esta melhor pena não ter o crossover mas a integração do 3d está excelente bem como o suporte de hardware.

Poix... eventualmente acabei por fazer por actualização e está a correr.
Inclusive, consegui pela 1ª vez arrancar o Metisse. Confesso que estou um pouco decepcionado com estes novos ambientes, o beryl é só fogo de vista e não tras nada de realmente útil, o metisse tem umas ideias agradáveis, mas é um atrofio para arrancá-lo e para lidar com ele ainda pior. Fora isso, o kde 3.5.6 está a correr bem apesar de não me agradar muito a alteração que fizeram no menu K, o novo botão ocupa muito espaço.